Existem regras que exigem mãos / pés nos controles o tempo todo?

6

Existem regras que exigem que um dos pilotos de uma grande aeronave comercial tenha controle físico positivo do manche / joystick em todos os momentos?

E a mesma pergunta para os atuadores do leme, se houver algum (pedais)?

    
por CGCampbell 21.07.2015 / 20:45
fonte

3 respostas

9

Não há nada que eu possa encontrar nos FARs exigindo que um piloto mantenha suas mãos e pés nos controles o tempo todo.
Tal requisito seria impraticável e perigoso em muitas situações (por exemplo, ao escrever uma folga no ar: para a maioria das pessoas, se você mantiver suas mãos nos controles enquanto escreve, você terá a tendência de empurrá-las, puxá-las ou torcê-las, resultando em mudanças de atitude não intencionais).

As seções mais relevantes da Parte 91 seriam 91,3 e 91,13:

14 CFR 91.3 (FAR 91.3) diz:

§91.3 Responsibility and authority of the pilot in command.
(a) The pilot in command of an aircraft is directly responsible for, and is the final authority as to, the operation of that aircraft.
. . . .

e 14 CFR 91.13 (FAR 91.13) diz:

§91.13 Careless or reckless operation.
(a) Aircraft operations for the purpose of air navigation.
No person may operate an aircraft in a careless or reckless manner so as to endanger the life or property of another.

(b) Aircraft operations other than for the purpose of air navigation.
No person may operate an aircraft, other than for the purpose of air navigation, on any part of the surface of an airport used by aircraft for air commerce (including areas used by those aircraft for receiving or discharging persons or cargo), in a careless or reckless manner so as to endanger the life or property of another.

Portanto, é perfeitamente legal que um piloto voe com os braços cruzados e os pés apoiados no chão, mesmo sem piloto automático, desde que o piloto no comando permaneça apto a exercer o controle operacional da aeronave, conforme necessário. o vôo permanece seguro e legal, e desde que eles não estejam agindo de maneira "descuidada ou imprudente" (como deixar a altitude deles vagar por todo o lugar enquanto estão sentados com os braços cruzados).

    
por 21.07.2015 / 21:48
fonte
5

Não. O que é exigido pela FAA é que um dos dois pilotos (o capitão ou o primeiro oficial) deve ser o "piloto pilotando", e este piloto tem a responsabilidade primária de manter o controle da aeronave no momento. O outro piloto, o "piloto que não voa", pode ajudar o piloto a voar realizando tarefas secundárias como comunicação ou navegação, ou pode usar o lavatório, tomar um lanche / bebida, ler (a FAA não proíbe materiais de leitura não diretamente relacionado ao trabalho, mas algumas empresas fazem), fazer quebra-cabeças (idem), etc.

Nenhum desses pilotos deve ter as mãos no stick / jugo / acelerador e os pés nos pedais do leme o tempo todo. Em primeiro lugar, é redundante durante a maior parte do voo; ao cruzar, o avião está no piloto automático, que manterá as asas niveladas e o avião em um curso designado. Em segundo lugar, os aviões de passageiros (na verdade, a maioria dos aviões civis de asa fixa) são muito mais estáveis no vôo do que os helicópteros, o que exige que alguém tenha sempre as mãos no manche cíclico para manter o helicóptero. em cima do "vetor de sustentação de seus rotores. Assim, mesmo que o piloto automático seja desativado, em condições normais e calmas, o avião quase voará sozinho, exigindo apenas pequenas correções de turbulência. Em qualquer caso, um "punho de fenda" ou "pé de chumbo" nos controles é um erro comum do aluno, bem como na condução; os pilotos geralmente tentam seguir os conselhos de Han Solo: "voem casuais".

    
por 21.07.2015 / 21:53
fonte
-7

Não. Às vezes eles apenas soltam e gritam: "Olhe, mãe! Sem mãos!" no canal de tráfego local. Brincadeira.

Pode haver uma ligeira desconexão aqui em como você pensa sobre os pilotos e a lei. A pessoa média (não-piloto) imagina que os pilotos são servos robóticos que devem obedecer a todos os tipos de leis e regulamentos projetados para "proteger" os passageiros e obedecer a ordens de controladores (não-piloto) da FAA. Não é assim que funciona.

No céu, os pilotos são os chefes. O ATC e as leis estão lá para ajudar os pilotos a fazerem melhor o seu trabalho, não para mandá-los e forçá-los a fazer coisas que eles não querem fazer.

    
por 21.07.2015 / 21:23
fonte