Qual é a razão pela qual os jogos do Adventurers League não permitem regras de variante DMG, como Flanqueamento?

16

Nossos jogos em casa têm funcionado com a Regra Variante: Flanqueando enquanto joga em uma grade. Foi uma surpresa para nós, quando tocamos pela primeira vez na Liga dos Aventureiros, que o flanqueamento não é permitido no jogo AL.

Estou pensando em adaptar a regra de não flanquear em nossos jogos caseiros agora, e fiquei me perguntando que comentário ou declarações WotC disseram sobre o motivo pelo qual eles não permitem flanquear em AL. Espero ter uma visão sobre a qual basear uma decisão.

Para ser claro, não estou procurando uma resposta sobre se devo ou não permitir o flanqueamento (isso obviamente difere de tabela para tabela), nem estou convidando especulação quanto ao razão pela qual o AL não permite isso. Estou à procura de um comentário (ou similar) do representante WotC sobre o motivo pelo qual as variantes da regra DMG, especialmente flanqueando, não são permitidas no jogo organizado da Liga Adventista.

    
por daze413 06.04.2017 / 05:19

3 respostas

17

Em geral, os dois Adeptus ' e As respostas do IcyFire estão corretas. Especificamente, a regra de flanqueamento torna o posicionamento em um mapa mais importante, uma vez que algumas habilidades de classe são baseadas em vantagens. Isso se aplica principalmente ao Rogue, que já tem uma maneira de obter vantagem quando um aliado é adjacente a um inimigo, então ele só serve para causar outro ponto de decisão no turno de um jogador enquanto eles buscam a melhor maneira de obter vantagem, enquanto não provocando ataques de oportunidade de outros inimigos. Tudo isso leva tempo. Multiplique isso por 6 jogadores e cada rodada levará um pouco mais de tempo tentando tomar essa decisão, a cada rodada em todos os combates. Em última análise, não permitir flanquear torna o jogo mais simples e acelera o combate.

Fonte: Eu sou o Community Manager para a D & D Adventurers League, Robert Adducci

    
08.04.2017 / 18:41
26

Porque o DMG não foi finalizado quando o AL começou

Eu fiz um pouco de pesquisa e encontrei este artigo a partir de dezembro de 2014: (trecho, ênfase adicionada)

Rules contained in the Dungeon Masters Guide may be permitted in future storyline seasons by future versions of the Player’s Guide. Until then, the Dungeon Masters Guide can only be used in D&D Adventurers League games to look up magic items and for general advice on how to run games. This rule was necessary in part because the book was still in editing when the D&D Adventurers League started.

Isso foi escrito por Art Severance, que era o Coordenador Regional da região do Far West dos EUA no momento em que o artigo foi escrito (não sei se ele ainda é).

Regras de jogabilidade variantes causam inconsistências entre as tabelas

O mesmo artigo também afirma,

Just as the name implies, the D&D Adventurers League is a league game, in which everyone plays by the same rules, whether they always play in the same place or play all over the world. Characters within the League are portable, so a player who visits another area or moves there or who plays in an online game expects to be able to play his or her character there without having to make any modifications and without having to learn any local rules.

Permitir que os Mestres decidam se usar ou não regras variantes que modificam a jogabilidade, como flanquear, significaria que haveria "regras locais", o que contraria a filosofia de que regras e jogabilidade são idênticas entre as tabelas AL.

Observe que, na V3.0 do FAQ, quase todas as regras variantes permitidas afetam apenas os personagens, não o gameplay. A única exceção é jogar em uma grade, que eu diria que é uma regra bem aceita, quase padrão.

    
06.04.2017 / 08:05
14

Parte da ideia por trás do AL é manter as regras consistentes entre as tabelas. Olhando para as regras variantes que podem ser usadas, a única que não está relacionada à criação de personagens é Jogando em uma Grade .

Na FAQ do AL :

Can I use the Variant and Optional Rules in the PHB/DMG?
The only optional or variant rules available for use are:

  • Variant: Customizing Ability Scores (PHB)
  • Variant Human Traits (PHB)
  • Half-Elf Variants (SCAG)
  • Option: Human Languages (SCAG)
  • Tiefling Variants (SCAG)
  • Variant: Playing on a Grid (PBR)

Without specific campaign documentation, any other variant or optional rules, such as Variant: Quasit Familiar (MM) are not available for use.

Do Guia do AL DM :

Rules for Dungeon Masters
The variant rules for “Playing on a Grid” in the D&D Basic Rules and Player’s Handbook can be used if you and your players wish. Dungeon Masters should feel free to use the Dungeon Masters Guide to help run games if they so choose. However, D&D Adventurers League play does not use any other optional or variant rules as presented in the Dungeon Master’s Guide.

Se um jogo é jogado em uma grade vs teatro da mente tem pouco impacto nas táticas, mas flanquear torna o posicionamento muito mais importante e tem maior impacto no equilíbrio.

Então, se eles permitissem flanquear em AL, teria que ser sempre em uso para o AL. Isso tornaria efetivamente o padrão, o que tornaria não o uso da "variante".

    
06.04.2017 / 08:25