As entradas e saídas de Schengen precisam ser gravadas em um computador?

16

Eu estava saindo da fronteira Schengen em um aeroporto membro, e no controle de passaporte, o oficial que estava longe do computador apenas carimbou meu passaporte sem registro da minha saída no sistema.

Eu perguntei e ele disse que o registro do sistema é necessário apenas na entrada e não na saída.

Isso está certo? Então, como eles asseguram que eu não tenha passado demais?

    
por Prince of Parse 25.02.2018 / 00:18

2 respostas

18

he said system registration is only necessary on entrance and not on Exit

Se ele realmente disse "registro do sistema", ele estava errado: não há nenhum "registro do sistema" de todo o Schengen. Quando eles digitalizam seu passaporte, eles apenas recebem uma cópia digital dos seus dados de passaporte juntamente com possíveis alertas (como mandados de prisão) sobre o passageiro, e eles devem fazer isso na entrada do Espaço Schengen e, opcionalmente, na saída, embora na entrada, muitas vezes não é estritamente seguido, o que realmente não significa nada para você como um viajante.

Alguns países têm sistemas para uso próprio (o que não é visível para os outros), mas ainda é somente os carimbos de passaporte que são importantes. É por isso que você, como visitante não pertencente à UE / EFTA, sempre precisa se certificar de ser carimbado ao entrar e sair de Schengen.

Às vezes, os agentes fronteiriços (mais comumente na França e na Itália) mentem e dizem que "não é necessário" para passaportes de "baixo risco" (americanos, australianos etc.) porque levantar a mão por um segundo parece eles de toda energia vital. Eles estão infringindo a lei, no entanto (especificamente o Código das Fronteiras Schengen), ao fazer isso, e você nunca deve deixá-los como você poderia começar a pagar por isso.

    
25.02.2018 / 01:02
5

Não há banco de dados de entradas e saídas de todo o Schengen. Eles garantem que você não tenha ultrapassado o tempo olhando os carimbos do seu passaporte. Sim, é um sistema imperfeito, mas é o que é.

    
25.02.2018 / 00:22