Como o "Gothamite anônimo" iria "disparar a bomba"?

4

Aqui está a citação completa de Bane no estádio (enfatize o meu):

Now, this bomb is armed! This bomb is mobile! And the identity of the triggerman is a mystery. For one of you holds the detonator! And we came here not as conquerors, but as liberators to return control of this city to the people. And at the first sign of interference from the outside world, or for those people attempting to flee, this anonymous Gothamite - this unsung hero - will trigger the bomb. For now, martial law is in effect. Return to your homes, hold your families close, and wait. Tomorrow you claim what is rightfully yours.

[vídeo]

O gatilho deve manter um controle remoto? Ou é alguém que foge que faria Bane acionar a bomba?

Mais tarde Gordon explica que Bane não deixaria alguém acionar a bomba:

Script (enfatize o meu):

CAPTAIN JONES

What about the triggerman?

GORDON

No leads. It’s a bluff - Bane wouldn’t give control of that bomb to someone else.

Então eu tenho duas perguntas:

  1. Por que Bane diz isso, mesmo que pareça difícil de acreditar para outras pessoas como Gordon?
  2. Digamos que Bane realmente fez isso, como isso funcionaria? Qual seria o sentido de dar a alguém mais um detonador?
por A.L 11.08.2018 / 01:28

3 respostas

4

Para responder às suas perguntas em ordem ...

O gatilho supostamente tem os meios para detonar a bomba. Esse pode ser um dentre vários métodos, dos quais um controle remoto é apenas um.

Bane disse (em sua citação) que qualquer um que tentasse deixar Gotham, ou qualquer interferência vinda de Gotham, resultaria na explosão da bomba. É por isso que o exército está bloqueando a ponte com a qual os cidadãos de Gotham poderiam escapar - se ninguém pode sair, então enquanto o exército ficar fora de Gotham, o detetive não detona a bomba.

Gordon é um policial experiente e um cínico. Ele construiu para questionar tudo e todos e analisar as informações que ele recebeu. Seu julgamento é que Bane está blefando, mas nem todos pensarão da mesma maneira e isso fará com que um grande número de pessoas acredite. Isso pode gerar desconfiança entre os cidadãos, já que as pessoas não poderão dizer quem é a pessoa misteriosa que trabalha para Bane. Isso ajuda a eliminar qualquer tentativa de organizar as pessoas para resistir a Bane.

O ponto de dar a alguém ao acaso o detonador é obscurecer quem o tem e, portanto, tornar quase impossível para qualquer um que tenha planos de resistir à autoridade de Bane de matar a pessoa com o detonador. Bane pode presumivelmente ordenar que a pessoa o desligue, ou teria dito a tal pessoa para desligá-lo sob certas circunstâncias. Isso induz medo no público para evitar que eles tentem se levantar.

    
11.08.2018 / 03:36
4

Acho que a resposta para sua segunda pergunta é bem simples:

As we find out at the end of the movie Bane was really working for Thalia al Ghoul (Miranda), the whole plot to destroy Gotham was "her" plan - or rather the plan of her father which she conntinued to carry out. And after Batmans last fight with Bane in the movie, we see Thalia stab Batman, tell him who she really is and than she uses detonator for the bomb, luckily by this time Gordon diabled the remote trigger on the bomb. So Bane wasn't lying about some one else having the trigger - the only thing is at that point no on knew that Bane wasn't the mastermind of the plan.

Quanto à sua primeira pergunta:

During the movie Bane speaks the truth most of the time, so why lie when the truth is so devestating already. I also don't think that Bane concerned himself with the fact that some people might not belive him about the triggerman.

    
11.08.2018 / 08:24
1

Era uma manobra para fazer as pessoas com medo de fazer qualquer coisa. Se você não tem idéia de quem detém o gatilho, e a bomba será acionada se você não seguir as regras, você não tentará interferir porque existe a possibilidade de você ser morto.

    
11.08.2018 / 03:01