SF curto que eu li em 1987

12
Estou tentando encontrar uma história que lemos em classe em 1987. A história tem dois soldados que se encontram uns contra os outros, mas separados por algum tipo de campo de força ou linha ou algo assim. No final da história, o protagonista derrota seu oponente e cruza o campo de força para inspecionar sua morte. Enquanto olha para baixo, ele está enojado e repelido pela sua forma física. É então que o leitor percebe que a história está sendo contada a partir do POV do alienígena e não do humano, porque ele diz algo no sentido de: "Não tem nem escalas".

A turma toda foi simplesmente surpreendida. Quando você é uma criança, é incrivelmente difícil ver alguma coisa da perspectiva de outra pessoa, então isso apenas bagunçou a gente. Eu adoraria ler isso com meu filho. Eu sempre me perguntei se era algo publicado nessas revistas semanais, mas não tenho certeza. Qualquer ajuda seria muito apreciada.

    
por Monica Scott 04.02.2017 / 06:45

1 resposta

13

Sua descrição contém elementos de duas histórias diferentes por Fredric Brown . Eu acho que você pode estar confundindo as duas histórias.


"Arena" é uma novela sobre um duelo entre dois soldados, um homem e um estrangeiro, que estão separados por um campo de força:

There was a barrier there of some sort. It clicked, then, in Carson's mind. That thought projected into his mind by the Entity who had brought them here: "—accident of physical strength will not completely decide the issue. There is a barrier."

A force-field, of course. Not the Netzian Field, known to Earth science, for that glowed and emitted a crackling sound. This one was invisible, silent.

It was a wall that ran from side to side of the inverted hemisphere; Carson didn't have to verify that himself. The Roller was doing that; rolling sideways along the barrier, seeking a break in it that wasn't there.

Mas nunca há qualquer dúvida sobre qual combatente é o terráqueo e qual é o alienígena:

He shuddered as he looked at the thing. It was alien, utterly alien, horribly different from anything on Earth or any of the life forms found on the other solar planets. Instinctively, somehow, he knew its mind was as alien as its body.

Você pode ler o resumo do enredo na Wikipedia , ou você pode ler a história completa, como originalmente publicado em Astounding Science Fiction , junho de 1944 , no < a href="https://archive.org/stream/Astounding_v33n04_1944-06_AK#page/n69/mode/2up"> Arquivo da Internet .


"Sentinela" é uma pequena história curta (menos de uma página) onde a surpresa é que o personagem do ponto de vista é um alienígena e seu inimigo repulsivo é humano:

He stayed alert, gun ready. Fifty thousand light-years from home, fighting on a strange world and wondering if he'd ever live to see home again.

And then he saw one of them crawling toward him. He drew a bead and fired. The alien made that strange horrible sound they all make, then lay still.

He shuddered at the sound and sight of the alien lying there. One ought to be able to get used to them after a while, but he'd never been able to. Such repulsive creatures they were, with only two arms and two legs, ghastly white skins and no scales.

Mas não há campo de força nesta história, que você pode ler no Project Gutenberg . Foi originalmente publicado em Galaxy Science Fiction , fevereiro de 1954 , que está disponível no Arquivo da Internet .


As duas histórias apareceram juntas em várias coleções de Fredric Brown; os publicados em inglês em 1987 ou antes são E os Deuses riram e Lua de Mel no Inferno .

    
04.02.2017 / 07:51