História curta: tanto a radiação quanto os "demônios" viajam em linhas retas, então coloque curvas na entrada

16

Este foi um conto de ficção científica que eu li na década de 1970.

No futuro, naves interestelares são movidas a energia nuclear. A sala do reator nuclear tem paredes grossas de chumbo para interromper a radiação. A passagem para a sala do reator tem um par de pernas de cachorro de 90 graus. A idéia é que, como a radiação viaja em linhas retas, você não quer que a passagem seja um buraco direto através da blindagem de chumbo, as pernas do cachorro param a radiação.

Exploradores em um planeta alienígena descobrem alguns alienígenas de aparência humana com uma cultura de nível tribal. Um alienígena recebe um passeio pela espaçonave e observa que eles colocam pernas de cachorro de 90 graus na entrada de suas cabanas, porque os demônios nocivos só viajam em linhas retas.

Então alguns alienígenas perguntam se podem pegar uma carona na espaçonave até o próximo destino. Os exploradores imaginam por que não?

A frase final é que os alienígenas tribais estão em muitos planetas, porque descobriram que era mais fácil ser útil e pegar carona nas naves inimigas do que as próprias naves estelares. As pernas de cachorro em suas cabanas eram uma lembrança de sua última carona, alguns milhares de anos atrás, com algumas outras espécies de estrelas. A história termina com uma frase fofa ao longo das linhas de "nós apenas temos que esperar, outro passeio será ao longo de um par de mil anos."

Isso soa familiar?

    
por Winchell Chung 23.01.2017 / 14:14

1 resposta

8

Eu encontrei.

Bendito o manso por GC Edmondson

"What about devils?"

"I don't remember too well, but they were supposed to do terrible things to you and even to your unborn children if they ever caught you. They must have been pretty stupid though; they couldn't turn corners. My grandfather's store had devil screens at all the doors so you had to turn a corner to get in. The first time I saw the lead baffles at the pile chamber doors on this ship it reminded me of home sweet home.

    
27.03.2017 / 15:45